segunda-feira, 22 de março de 2010

Sombras, reflexos e nuances

Seguir pela estrada espreitando as nuances de outras vidas que acontecem para lá das janelas, das persianas, dos vidros, das fronteiras da intimidade. Pessoas que se movem por trás das cortinas, sombras, imagens nítidas. Sem se parar vão-se captando esses momentos da vida de alguém. Uma familia que janta na sala. Alguém que se move numa cozinha. Um quarto de uma criança onde se vêm bonecadas nas paredes. Uma sala repleta de troféus. E depois é imaginação. É criar as histórias de quem vive nessas casas, nessas salas, nesses quartos, nessas cozinhas. É entrar por ali adentro sem pedir licença. É roubar imagens que não me pertencem. Intimidades que não me dizem respeito. É um vício que vem de uma curiosidade sem fim que cria um momento sem qualquer fim que não o de partir para a craição de histórias que são só minhas a partir de personagens que têm uma forma e quase nunca uma cara. Histórias que acontecem quase sempre assim, na sombra de uma cortina.

3 comentários:

SaintWolf disse...

Já tinha saudades de ler textos destes.
Obrigado.

cj disse...

Continua a impressionar-me a tua atenção ao que escrevo.
Obrigado=)
Beijo

SaintWolf disse...

nem mais, nem menos do que sou ou alguma vez fui.
Mas, tenho de agradecer o teu reconhecimento que fizeste de eu ser um verdadeiro chato :)