terça-feira, 8 de janeiro de 2008

A moda do cancelar

Primeiro foi o Lisboa-Dakar por causa, diz-se, das ameaças terroristas à caravana. Agora, foram os Globos de Ouro norte-americanos por causa da greve dos argumentistas.

Será que vão cancelar os Jogos Olímpicos de Pequim por causa da greve dos terroristas ou por causa das ameaças dos argumentistas? Será que o Mundial de 2010 na África do Sul vai ser cancelado porque os terroristas emigram da Mauritânia mais para o sul "da" África? Será que as eleições nos Estados Unidos vão ser canceladas por não haver nenhum candidato masculino branco de jeito?

2 comentários:

Ritinha disse...

Era, e se tivessem morrido todos chacinados no deserto punhas aqui mais um post brilhante sobre "ah e tal o português é sempre a mesma merda, para não perder dinheiro pôs o pobres coitados no deserto â mercê dos infames" ou "ah e tal que desrespeito por quem trabalha como argumentista, é rirem-se na cara deles" e ainda "ah e tal hipocritas dos americanos em porem um gajo preto no poder, quando mais cedo ou mais tarde lhe vão dar um tiro nos cornos"

nãometoques disse...

Mais grave ainda é quererem cancelar o "Natal dos Hospitais"...

Miss CJ, porque raio fechou os comentários?