segunda-feira, 14 de janeiro de 2008

Tardes de Inverno


Tardes de Inverno, daquelas em que chove a potes lá fora, daquelas em que só dá vontade de ficar enroscado em frente à lareira ou a ver um daqueles filmes maravilhosos.
Tardes de Inverno, daquelas em que se põe o nariz de fora da porta para se beber um chocolate (mesmo chocolate a sério e não leite com chocolate manhoso) ou um chá e comer scones com doce.
Tardes de Inverno em que se ignora a chuva e se apanha uma daquelas molhas maravilhosas em que até a alma pinga e depois correr para a banheira e ficar horas a boiar em agua quente e espuma.
Tardes de Inverno, longas e cinzentas em que o corpo fica mole e se deixa o espírito preguiçar à vontade.

2 comentários:

Ritinha disse...
Este comentário foi removido por um gestor do blogue.
SaintWolf disse...

-"Chocolate??"
-"É um aqui p'ra a mesa 28 oh faxabor"